• Home
  • Cardápio Semanal
  • Vídeos
  • Coleções de Receitas
  • Blog
  • Revistas e Livros
  • Política de Nutrição
  • Produtos
  • Descubra novos sabores!

    Encontre mais de 3 mil receitas, testadas e aprovadas por especialistas

    BLOG ALÉM DA CULINÁRIA

    O que é UMAMI?

    • A- Diminuir
    • A+ Aumentar
    • A Tamanho Original

    Quem já ouviu falar em UMAMI? Para quem ainda não sabe, UMAMI é um dos gostos básicos que sentimos nos alimentos. É o quinto gosto já reconhecido cientificamente, assim como o doce, o salgado, o azedo e o amargo.

    Foi descoberto há 100 anos pelo cientista japonês, Professor Kikunae Ikeda, em 1908, através de estudos do gosto extraído da alga Konbu.

    Na verdade, o gosto UMAMI é sentido em vários alimentos que descrevemos como "saborosos", independente dos outros 4 gostos básicos. Como exemplo, temos alguns alimentos onde a presença do UMAMI é acentuada: queijo parmesão, tomate, algas, peixes, carnes vermelhas, crustáceos, etc.

    O UMAMI já é muito conhecido não só na culinária japonesa, mas na culinária mundial também. As pessoas só precisam começar a reconhecê-lo a cada alimento que experimentam, pois ele já existe de fato em diversos tipos de pratos "deliciosos". Na culinária oriental, o UMAMI é marcante nas algas, peixes, crustáceos, chá verde, etc. Não é à toa que o Dashi é a base de muitos pratos japoneses, pois utiliza como ingrediente principal, o katsuobushi(peixe Bonito desidratado) e/ou konbu(alga), alimentos ricos em UMAMI.

    Na culinária européia, por exemplo, o UMAMI está presente em crustáceos, tomates e queijo parmesão.

    E no Brasil, vemos uma grande concentração de Umami em pratos típicos, como feijoada, churrasco, cuscuz, moqueca e a própria combinação de arroz e feijão, prato amplamente consumido pelos brasileiros.

    Isso é UMAMI!

    Priscila Andrade

    Especialista em Alimentos

    Comentários

    0 Comentários

    Faça o login para comentar

    VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

    Veja mais