• Home
  • Cardápio Semanal
  • Vídeos
  • Coleções de Receitas
  • Blog
  • Revistas e Livros
  • Política de Nutrição
  • Produtos
  • Descubra novos sabores!

    Encontre mais de 3 mil receitas, testadas e aprovadas por especialistas

    BLOG ALÉM DA CULINÁRIA

    Neofobia alimentar pode ser o motivo do seu filho não comer!

    • A- Diminuir
    • A+ Aumentar
    • A Tamanho Original

    Quem tem criança em casa sabe que a hora das refeições pode se transformar em um verdadeiro desafio. Isso porque, principalmente nos primeiros anos, elas costumam recusar alguns alimentos (especialmente verduras e legumes), deixando os pais sem saber o que fazer.

    Mas já parou para pensar que existe um motivo para seu filho fazer “cara feia” para a comida? Entenda o que é a neofobia alimentar e como ela pode prejudicar a alimentação dos pequenos.

    O que é neofobia alimentar?

    Neofobia alimentar nada mais é que a dificuldade de algumas crianças em aceitar consumir alimentos que elas não conhecem. Podemos considerar isso como um certo medo de novidades; afinal, qualquer alimento novo foge daquilo que elas estão acostumadas e, naturalmente, a primeira reação delas vai ser recusar. E como a criança apresenta uma preferência inata ao sabor doce, essa rejeição costuma acontecer mais frequentemente com os legumes e as verduras – que são importantíssimos para que os pequenos recebam todos os nutrientes e vitaminas necessários.

    Como lidar com a neofobia alimentar

    Então, o que os pais podem fazer para as crianças consumirem esses alimentos? A resposta é: continuar oferecendo! A criança precisa experimentar o mesmo alimento entre oito e dez vezes para poder definir se realmente não gosta dele. Por isso, a dica é apresentá-lo de formas diferentes para o seu filho, procurando sempre variar os formatos, cores, texturas e temperatura das receitas. Veja alguns truques para fazer isso:

    • Disfarçar os alimentos: uma forma de fazer a criança se acostumar com o sabor de um determinado ingrediente é camuflá-lo durante o preparo, como no caso do Purê de Batatas e Cenoura com Sódio Reduzido, em que os vegetais são misturados e não se destacam.
    • Incrementar os pratos preferidos: se você sabe uma receita que o seu filho adora, por que não estimular essa preferência associando ela com alimentos que ele recusa? Algumas receitas legais para isso são a Pizza Vapt-Vupt e a o Canelone de Vegetais, que mostram que os legumes também podem ser muito gostosos!
    • Investir na diversão: outra dica infalível é trazer o lúdico para a mesa, oferecendo comidas divertidas e que explorem a imaginação. Use os ingredientes para montar um rostinho, colocando dois ovos como olhos e uma rodela de cenoura como nariz, por exemplo. A sugestão é explorar receitas com formatos diferentes, como os Hamburguinhos, que têm formato redondo; e o DIP de Abóbora, que traz palitinhos de pimentão ou cenoura para mergulhar no molho!



    Tenha em mente que forçar a criança a comer pode fazer com que ela associe a hora da alimentação a uma atividade negativa. Assim como não é aconselhável recompensar o pequeno com sobremesa.

    Por isso, se mesmo após várias tentativas, a criança deixar claro que realmente não gosta de um determinado alimento, você deve então trocar esse ingrediente por outro semelhante, que ofereça os mesmos nutrientes. 

    Com essas dicas você consegue estimular o seu filho a dar uma chance para os alimentos novos e combater a neofobia alimentar! Veja também o nosso vídeo sobre Alimentação Infantil e baixe o nosso e-book sobre o tema. Lá, você encontra várias dicas e receitas para preparar refeições gostosas e nutritivas, com tudo o que o seu pequeno precisa para crescer forte e saudável!

    Izabel Alves

    Especialista em Alimentos

    Comentários

    0 Comentários

    Faça o login para comentar

    VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

    Veja mais